Cenário de fundoHome

Condições de trabalho na:
Alemanha
Áustria
Bélgica
Espanha
Finlândia
França
Grã-Bretanha
Holanda
Irlanda
Islândia
Itália
Noruega
República Checa
Suécia
Suíça


This project is supported by the European Community Programme for Employment and Social Solidarity (PROGRESS)


Condições mínimas

Printer friendly

País:França
Salários
O salário é variado de acordo com a região.

Construção civil
Operários: 1337,70 até 1970 euros, dependente da experiência e qualificação
Empregados: 1340 até 2729 euros, dependente da experiência e qualificação
Executivos: 2743 até 4366 euros, dependente da experiência e qualificação, 39 horas semanais

Obras públicas
Operários: 1390 até 2900 euros, dependente da experiência e qualificação
Empregados: 1390 até 2650 euros, dependente da experiência e qualificação
Executivos: 2010 até 3900 euros, dependente da experiência e qualificação










Acréscimos
Trabalho noturno: em regra, acréscimo de 20% do salário normal por hora.

Subsídio de férias: uma vez anualmente + 30% de um salário mensal.

Somente para empregados: + 100% do salário por hora por trabalhos realizados nos domingos, feriados ou trabalho noturno extraordinário.

Horas extraordinárias: compensação com dias livres ou uma compensação mínima remunerada de 25%.
Descontos


A segurança social é financiada por empregadores e empregados igualmente. A proporção paga pelo trabalhador é de 23% do salário bruto.

Trabalhadores de fora (Posted workers)
Empregado e empregador pagam em conjunto o seguro social do país de origem do trabalhador.
Carga horária

35 horas semanais

Variações para acima e para abaixo são possíveis, mas deve-se fazer uma média no final do ano em torno de 35 horas semanais trabalhadas.

Empregados e executivos devem trabalhar até 215 dias por ano, porém, sem limitações nas horas de trabalho.

Férias
5 semanas

Duração máxima de trabalho
10 horas por dia
48 horas semanais
Doenças e acidentes

Em caso de doença você receberá 100% do seu salário até o 90° dia.
Exceção: Operário na construção civil não recebe nos 3 primeiros dias nenhuma remuneração. Após o 48° dia receberá o operário (construção civil e de obras públicas) 75% do salário.

Trabalhadores de fora
Eles devem ser assegurados nos seus países de origem.
Diversos
Subsídios de alimentação e transporte devem ser pagos pelo empregador ao empregado que não reside próximo ao canteiro de obra.
Contacto

Sindicato:
CFDT-FNCB, www.cfdt-construction-bois.fr

Pessoa de contacto em língua inglesa:
alexandra.rettien(at)cfdt-fncb.org,

CGT, www.gct.fr